domingo, 30 de setembro de 2012

O Canário Harzer


O HARZER, também conhecido por canário do HARZ ou ainda Roller, teve a sua origem na Alemanha, na região do Harz.
É um canário robusto e o seu tamanho é idêntico ao do canário comum, cerca de catorze centímetros, sendo a coloração da sua plumagem o amarelo, o verde e o manchado verde amarelo.
A alimentação do HARZER é diferente da de todos os outros canários como já referimos anteriormente nos canários de canto, sendo a característica principal a percentagem elevadíssima do nabo, na mistura de sementes.
É uma raça que se reproduz muito bem não sendo necessário cuidados especiais, além da alimentação. As fêmeas geralmente são óptimas mães, cuidando zelosamente dos filhos e os machos bons pais, mesmo quando acasalados com duas ou três fêmeas.
Desde o século passado que os criadores alemães tentam aperfeiçoar o canto desta admirável raça que se espalhou não só por toda a Alemanha como praticamente por todo o mundo.
O que distingue o HARZER é o seu canto melodioso, suave enternecedor em contraste com o som forte e metálico dos canários comuns. Canta com o bico fechado, numa posição elegante, enquanto a garganta se dilata por baixo das penas.
Toda a história do HARZER se relaciona com nomes de conhecidas famílias que se dedicaram de todo o coração à sua criação e adestramento, havendo exemplares capazes de expressar mais de trinta variedades de canto. Relatamos um acontecimento bastante relevante, passado em princípio do nosso século. Um operário de nome Henry de Seiffert apresentou um grupo numeroso de canários que causou a maior surpresa e mesmo estupefacção entre os criadores, pelos seus cânticos até então desconhecidos. Pode afirmar-se que nesta altura surgiu um novo marco na canaricultura, pela projecção que teve este facto, embora de há muito o HARZER fosse já considerado o melhor canário de canto.
Com tempo e paciência o HARZER é capaz de cantar fielmente pequenas áreas desde que se lhe dê repetidamente apenas o trecho que desejamos seja reproduzido.